Um dos chefes do PCC é transferido de Guarapuava para Piraquara

Procurado e com 11 mandados o criminoso de alta periculosidade foi preso no feriado de Corpus Christi no bairro Vila Bela

05/06/2024 21h59

Willian Zanoli, suspeito de ser um dos chefes da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC) do Espírito Santo, foi transferido para a Penitenciária Estadual de Piraquara, na região metropolitana de Curitiba.

Ele foi preso na tarde de quinta-feira (30) em Guarapuava e ficou na Cadeia Pública da cidade até o dia seguinte, quando ocorreu a transferência.

O suspeito tem 39 anos e é popularmente conhecido como "Willian do Mangue" ou "Terceirão".

Segundo as polícias Militar (PM) e Federal (PF), havia 11 mandados de prisão em aberto contra ele no Paraná e em outros estados pelos crimes de tráfico de drogas, homicídio, corrupção de menores, entre outros. O homem também era um dos dez foragidos mais procurados do Espírito Santo.


Em nota, a defesa de Willian informou que acompanhou todas as diligências da prisão e disse que "o acusado se manifestará em juízo sobre os fatos".

De acordo com a advogada Niceia Martin, o suspeito estava em Guarapuava de passagem quando foi detido e vai aguardar o andamento do processo na penitenciária de Piraquara.

SUSPEITO FOI PRESO EM GUARAPUAVA
Willian foi encontrado em uma residência de Guarapuava, na Vila Bela, após denúncias e investigações.

A prisão aconteceu na tarde de quinta-feira (30), em uma operação conjunta entre a PM e a PF.

No momento da abordagem, o suspeito tentou fugir. De acordo com informações obtidas pela RPC, ele saiu correndo por outra porta e pulou muros das casas vizinhas, até ser pego.

Com ele foi apreendido um celular, cuja tela foi quebrada por Willian no momento da prisão.

INVESTIGAÇÕES
A apuração aponta que a Polícia Federal recebeu informações de que o suspeito de integrar o PCC saiu de Penha, cidade litorânea de Santa Catarina, no dia 23 de maio e chegou em Guarapuava na madrugada do dia 24.

Equipes foram até a Vila Bela verificar a veracidade das informações e encontraram o carro denunciado estacionado dentro de uma residência - onde também viram o suspeito.

*com Samilli Penteado, g1 PR e RPC
foto Polícia Federal

    Receba notícias no teu WhatsApp e saiba diariamente o que acontece em Guarapuava e região. Entre no grupo.Envie vídeos, fotos de acontecimentos na cidade e para a coluna social, denúncias, reclamações para a equipe AGORA pelo WhatsApp (42) 98435-5627.